Lugares‎ > ‎

Pirenópolis, GO

 

            

 

            Pirenópolis foi uma parada de uma viagem maior que fizemos no coração do Brasil. Pernoitamos por dois dias e descobrimos que Pirenópolis, além de ser uma cidade tombada pelo Patrimônio Histórico, é uma simpatia! Como não pódia deixar de ser, encontramos uma cidadezinha com casas antigas em ótimo estado de conservação.

            Por estar a 150 km de Brasília, Piri (como é carinhosamente chamada), é muito procurada por turistas da região central, que costumam fazer passeios de um dia. Turistas que acharam nessa cidade as praias de Brasília. Pirenópolis fica a uns 300 km do complexo das águas do Rio Quente.

            

 

 

            O que não falta por lá são cachoeiras. Todas elas são particulares e isso implica em pagar uma taxa por pessoa desfruta-las.

            Nós visitamos ao todo nove cachoeiras: Abade, Santa Maria, Lázaro e a fazenda Bonsucesso que tem trilhas para seis cachoeiras diferentes, acessadas através de pequenas trilhas. Todas elas contam com estrutura ao turista: tem banheiros, trilhas (não são bem trilhas, estão mais para caminhos) bem marcadas e conservadas, onde escorregaria mais existem apoios, guarda-vidas... Você paga a entrada mas tem algo em troca.

 

 

            As pessoas que frequentam as praias vão preparadas, com guarda-sol, cadeiras, bóias, cerveja e salgadinho. Nós, Santistas, ficamos meio "por fora", não levamos nada, só uma toalhinha para sentar.

            Banho de cachoeira é revigorante. Eu adoro! Mas visitar uma cachoeira com uma prainha, de rio “aberto” (que bate muito sol e por conseqüência a água é mais quentinha), não precisando ficar se equilibrando em pedras nem tendo que se ajeitar para não molhar suas coisas é muito melhor. As cachoeiras do Abade, Santa Maria e Lázaro foram as melhores por causa disso. Parece que estamos numa praia, só que depois do banho, não ficamos salgados. Na minha opinião, ponto positivérrimo, pois detesto ficar salgada depois do mar.

 

 

            Com clima de sol e calor, nossa que delícia de estadia!

            Tem mais: descobrimos que os goianos são extremamente simpáticos e solícitos. Uma parada tão boa que mereceu um post só para ela! 

             Pode ficar tranquilo que em Pirenópolis você tem uma estrutura de cidade acostumada ao turismo, com muitas pousadinhas e restaurantes românticos! Aproveitamos para experimentar pamonha salgada. Já comeu? Com recheio de linguiça e queijo hummmm, se for, traga uma prá mim!!!

 

            
 
 
 
Comments